tfg

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image

Corine A. Rosenberger

Centro de Acolhimento e Apoio para Refugiados e Solicitantes de Refúgio em Curitiba PR

Orientador: Prof. Dr. Antonio Manoel Nunes Castelnou Neto

#Refugiado #Imigrante #Habitação Institucional #Arquitetura Social #Centro de Acolhimento e Apoio


Resumo

O presente trabalho relaciona-se a uma proposta para um Centro de Acolhimento e Apoio para Refugiados e Imigrantes, o qual deverá ser implantado na Cidade de Curitiba, Estado do Paraná; e que reunirá espaços de acolhida, habitação temporária, apoio, convivência e reinserção social aos indivíduos ou grupos familiares que chegam à capital paranaense por diversos motivos. Objetiva-se desenvolver uma pesquisa teórico-conceitual que fundamente o anteprojeto arquitetônico a ser apresentado em uma segunda etapa. Busca-se propor diretrizes que orientem a realização do projeto, partindo da conceituação e caracterização dos principais aspectos relacionados às dinâmicas de refúgio e imigração; selecionando, ilustrando e analisando a qualidade do espaço arquitetônico de casos correlatos; e apresentando e analisando a realidade da situação dessas populações no contexto local. O tema justifica-se pela constatação do aumento da população refugiada e dos fluxos migratórios tanto no país quanto no mundo, associados à uma crescente necessidade de suprir a carência de espaços destinados ao recebimento e apoio imediato desse público específico, de forma a evitar situações de exclusão social. Como métodos de pesquisa, adotou-se a coleta e leitura de fontes web e bibliográficas, bem como a seleção, descrição e análise comparativa de três exemplares similares à proposta pretendida, além da realização de entrevistas, visitas in loco, levantamento fotográfico, documental e consultas à legislação pertinente. Como resultado, apresenta-se diretrizes projetuais, as quais incluem: a definição do público-alvo a que se destina o edifício; a escolha e definição do terreno de implantação; o programa básico de necessidades e seu pré-dimensionamento; e a apresentação de complementações técnicas e pressupostos de partido arquitetônico. Por fim, destaca-se o papel da arquitetura em responder às necessidades geradas por deslocamentos forçados, criando espaços capazes de contribuir para o atendimento dessas demandas de forma cada vez mais humana.

M_CorineA.Rosenberger_2019.1.pdf

CENTRO DE ACOLHIMENTO E APOIO PARA REFUGIADOS E IMIGRANTES EM CURITIBA PR

MONOGRAFIA
ANO DE APRESENTAÇÃO: 2018.2
T_CorineA.Rosenberger_2019.1.pdf

CENTRO DE ACOLHIMENTO E APOIO PARA REFUGIADOS E SOLICITANTES DE REFÚGIO EM CURITIBA PR

PROJETO
ANO DE APRESENTAÇÃO: 2019.1



contate a autora

coarosen@gmail.com