tfg

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image

Ana Gabriela Texeira

Integração Urbana em Espaços Periféricos | Projeto de Urbanização da CIC

Orientador: Profa. Dra. Madianita Nunes da Silva

#Cidade Industrial de Curitiba #Política Habitacional #Indústria #Moradia #Planejamento Urbano #Plano de Bairro


Resumo

O presente trabalho consiste em uma monografia para subsidiar a elaboração do trabalho final de graduação (TFG) a ser realizado no primeiro semestre de 2019 e que se trata de um plano de bairro para a Cidade Industrial de Curitiba (CIC). A pesquisa está estruturada em cinco capítulos que buscam abordar o desenvolvimento e evolução das dinâmicas da produção de moradia e da produção industrial no bairro. O primeiro capítulo traz aporte teórico à discussão sobre a urbanização e industrialização brasileiros. Na sequência, recupera-se a origem do CIC e suas expressões espaciais ao longo dos anos. Pretende-se discutir as estratégias e políticas realizadas para o desenvolvimento da região, inserindo na discussão as ações dos agentes produtores do espaço e buscando compreender quais foram as prioridades definidas pelo planejamento urbano e suas consequências. No quarto capítulo é realizada a análise da realidade através de indicadores físicos e sociais. Posteriormente são levantados estudos correlatos que corroboram para a discussão do tema e dão aporte referencial ao projeto futuro. Por fim, são definidas diretrizes projetuais que deverão guiar o desenvolvimento do TFG. A metodologia utilizada envolveu o levantamento bibliográfico sobre o tema, o estudo de casos específicos, a coleta em órgão institucionais e o georreferenciamento de dados com a produção e análise de mapas, além de discussões em grupos de pesquisa e em orientações semanais. O CIC é um bairro com origem industrial, periférica e com intervenção estatal na promoção de infraestrutura, inserido dentro da lógica de produção das cidades latino-americanas na econômica de mercado capitalista e na lógica da globalização. Ao longo dos anos o perfil industrial se manteve, mas outras atividades econômicas foram surgindo, e o espaço antes mais homogêneo foi sendo marcado pela heterogeneidade e por complexas relações sociais. O bairro também é caracterizado por constituir um espaço de moradia popular marcado pela autoconstrução em loteamentos formais e favelas e a produção de conjuntos habitacionais pelo Estado. Recentemente o bairro vem recebendo também condomínios residenciais fechados para alta renda. Simultaneamente, o contorno metropolitano fragmenta o espaço do CIC que hoje é marcado por bolsões de moradia e indústria e espaços residuais nos encontros dessas diferentes tipologias de ocupação e uso. O trabalho colabora para o levantamento e mapeamento de dados acerca da indústria e moradia nessa região da cidade. Além de contribuir para a discussão acerca das novas formas de ocupar regiões periféricas industriais, no contexto latino-americano de avanço neoliberal e de luta pelo acesso do direito à cidade.

M_AnaGabrielaTexeira_2019.1.pdf

A DINÂMICA ESPACIAL NA CIDADE INDUSTRIAL DE CURITIBA A PARTIR DA RELAÇÃO ENTRE A PRODUÇÃO DOS ESPAÇOS DE MORADIA E DOS ESPAÇOS INDUSTRIAIS

MONOGRAFIA
ANO DE APRESENTAÇÃO: 2018.2
T_AnaGabrielaTexeira_2019.1.pdf

INTEGRAÇÃO URBANA EM ESPAÇOS PERIFÉRICOS | PROJETO DE URBANIZAÇÃO DA CIC

PROJETO
ANO DE APRESENTAÇÃO: 2019.1


contate a autora

anagabrielatexeira@gmail.com